Notícias
Notícias
Notícias
Audiências Gfk

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Paixão - Análise e Audiências de Estreia

Paixão - Análise e Audiências de Estreia


A SIC estreou ontem à noite "Paixão", a nova novela da noite, que substituirá "Amor Maior" nas noites de segunda a sábado.

A nova produção a cargo da SP Televisão conta a história de um amor destruído pelo ódio. Miguel e Luísa eram namorados e estavam prestes a casar, até que Alexandre, pai de Luísa, caiu da varanda e morreu. Miguel foi preso injustamente pela morte de Alexandre, por ter sido incriminado por quem julgava ser seu melhor amigo (Zé), a quem promete vingança. Luísa fica em estado de choque e não acredita na inocência do amado. A história desenrola-se entre o Algarve e África do Sul.

Compõem o elenco atores bem conhecidos do público, tais como Margarida Vila-Nova, Albano Jerónimo, Joana Solnado, Marco Delgado, Maria João Abreu, António Capelo, Rita Blanco, Cláudia Vieira, José Mata, João Reis, Miguel Nunes, entre muitos outros.

A estreia, emitida ontem à noite, teve pontos positivos e negativos.
O DTV destaca 5 aspectos que marcaram pela positiva e outros 5 pela negativa:

POSITIVA:
- Realização e Fotografia impecáveis
- Muitos exteriores, o que acaba por ser normal uma vez que se trata de uma estreia
- Brilhantes perfomances da maior parte dos atores (com destaque para Rita Blanco, José Mata, Albano Jerónimo, Margarida Vila-Nova e Marco Delgado)
- Bons guiões e bons panos de fundo (Algarve e África do Sul)
- Excelente gancho final (com a queda da varanda, estrangulamento e consequente morte de Alexandre Marreiros (Rui Morrison) e a detenção de Miguel, a quem foi imputada a culpa injustamente)

NEGATIVA:
- Genérico bastante fraco, que não combina com o logo da novela.
- Fluidez dos acontecimentos (ou falta dela) - Estreia muito "calma", parada e, em geral, pouco fluída
- Excesso de slow-motion e recurso ao flashforward (técnica muito saturada nas novelas da SIC, ou seja, a novela começa num presente mais atual e vai recuando no tempo, neste caso, começou em 2015 e recuou a 2007.)
- Banda sonora da novela a pender para o popular e carregada de ritmos africanos e kizombas (à semelhança de outras novelas)
- Elenco com alguns nomes que transitaram da novela anterior "Amor Maior", o que numa fase de transição entre as novelas, pode repelir alguns espectadores.

No geral, foi uma boa estreia, melhor que as últimas das novelas da SIC. Para já, foi apenas a estreia, que serviu de introdução ao tema que vai ser abordado ao longo de 300 episódios. O plot não é propriamente original, mas com um bom desenvolvimento, pode vir a tornar-se numa das melhores novelas portuguesas.

Contudo, já deu para perceber, que a tónica da novela não é muito diferente das restantes, ou seja, retrata sobretudo uma história de amor-ódio e vingança, à qual foi adicionada uma vertente mais light, com o recurso a músicas mais leves (música de abertura dos HMB é a prova disso), a cenários quentes como África e Algarve, e os já habituais núcleos cómicos, que ainda não apareceram na estreia.

E como não podia deixar de ser, o elenco da novela que é uma das partes mais importantes para a sua execução, que não é de menosprezar, uma vez que contém nomes sonantes e já bem conhecidos do público. Aliás, neste primeiro episódio, assistimos às grandes interpretações de quase todos os atores que compõem o elenco, à exceção de um ou outro pertencente ao elenco adicional.

Destaque, ainda, para o facto de alguns atores principais ainda não terem aparecido, uma vez que fazem parte da 2ª fase da novela [após a libertação de Miguel (Albano Jerónimo)] (como por exemplo Joana Solnado, que será antagonista da história; fará de tudo para Miguel não se reaproximar de Luísa)

Em suma, a estreia foi positiva, e tem potencial para prender os espectadores, mais do que aqueles que foram atraídos por Amor Maior, sua antecessora. 

Audiências
Nas audiências, a intitulada "nova paixão dos portugueses" vice-liderou, tendo sido seguida por 1 milhão e 417 mil espectadores, correspondente a 28,0% de quota de mercado. O pico da novela foi registado às 21H44, quando esta batia nos 15,8/29,6%.
À mesma hora, a TVI emitiu "Ouro Verde". A telenovela protagonizada por Luís Esparteiro, Diogo Morgado, Joana de Verona, Sílvia Pfeifer e Ana Sofia Martins totalizou 16,3% de audiência média e 31,7% de share, com um pico de 17,3/33,7%, verificado às 22H14
Longe da competição das privadas, País Irmão não foi além dos 349 200 espectadores.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

"Audiências" - Quinta-feira, 14 de setembro de 2017 [LIVE+VOSDAL]

"Audiências" - Quinta-feira, 14 de setembro de 2017 [LIVE+VOSDAL]


Destaques de ontem:
- O noticiário das manhãs de Carnaxide, Primeiro Jornal foi líder absoluto no dia de ontem e esmagou a concorrência. Com 28,4% de share, foram 620 mil as pessoas que acompanharam o bloco noticioso da SIC pelas 13H, deixando a concorrência direta a cerca de 5 pontos de avanço em share.
- Laços de Sangue, emitida nas tardes da SIC, em regime de reposição obteve o melhor resultado desde setembro, em share e venceu Espírito Indomável, da TVI. Com Diana Chaves, Joana Santos e Diogo Morgado nos papéis principais, a produção que venceu um Emmy em 2010 obteve 3,4% de audiência média e 20% de share médio.
- Devido à transmissão do jogo "Vitória de Guimarães x Red Bull Salzburg" pelas 20H05, o récem-estreado "Linha Aberta", conduzido por Hernâni Carvalho foi emitido mais cedo, às 18H50. Os resultados não foram positivos e o programa atingiu um novo mínimo de audiência: 3,4/12,3%, ficando em 3º lugar no horário, atrás do "Portugal em Direto" e "A Tarde é Sua".
- O jogo "Vitória de Guimarães x Red Bull Salzburg" a contar para a Liga Europa e transmitido pela SIC foi seguido por mais de 1 milhão de telespectadores, com um share correspondente de 22,5%. Apesar da segunda posição no geral, a partida foi líder absoluta do início ao fim no público comercial (ABC15-54).
- A novela da TVI Ouro Verde, a caminhar para os últimos episódios, registou um dos melhores resultados anuais, com quase 1,6 milhões de espectadores e 32,5% de quota de mercado. Na noite de ontem, a trama protagonizada por Diogo Morgado e Joana de Verona não concorreu diretamente com a novela rival "Amor Maior".
- A telenovela de Inês Gomes "Amor Maior", que já se encontra na reta final foi emitida um pouco mais tarde que o habitual. Os resultados baixaram ligeiramente: 13,1/27,1%, vice-liderando o horário.
- A TVI foi o canal mais visto no dia de ontem com uma quota de 22,3%. Seguiram-se SIC (18,8%), RTP1 (11,2%), Panda (2,2%), CMTV, Globo, Hollywood (2,1%) e SIC Notícias (1,8%).


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Conheça a data de estreia oficial de "A Herdeira"

Conheça a data de estreia oficial de "A Herdeira"



A TVI revelou há pouco a data de estreia oficial de "A Herdeira", a nova novela, que substituirá "Ouro Verde" nas noites de segunda a sexta.

Segundo a promoção, a trama protagonizada por Lourenço Ortigão e Kelly Bailey chega aos ecrás já dia 24 de setembro, domingo.

A estação de Queluz de Baixo volta assim a apostar na estreia de uma novela domingo à noite, como aconteceu com "A Única Mulher", por exemplo.