sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

"Força de Expressão" #3 | Espelho (Poema)



Sei que pareço impaciente,
Um ser impertinente que se julga mais importante,
Sei que me faltam sentimentos… Sentir mais os momentos!

Sei que falta o calor do meu abraço, o sorriso verdadeiro,
Falta mostrar que estou aqui,
Que me preocupo quando choras,
Que sonho quando sorris.

Mas a vida deu-me uma capa,
Que não me deixa ver a luz,
Não me deixa sentir nada,
E me torna numa pessoa inacabada.

Por todos os meus choros, tristezas e perdas,
Estou aqui neste embalo,
Sozinho. Por opção e com a convicção de que assim é o meu fado.

Sei que perderei momentos,
Que deixarei de lado tardes contigo,
Que poderias ser o meu ombro amigo,
Mas escolhi este caminho.
Prefiro estar sozinho.
Garanto a solidão e embalo o meu ego. Afasto sofrimentos...


Por: Filipe Vilhena


Partilhe esta notícia

0 comentários: